LOADING

Type to search

Listas Livros

5 dicas para ler em inglês

Rafaela Paludo 27 de agosto de 2014
Share
persuasion2

Créditos da imagem: Paperback Castles.

Dentre as diversas coisas que me encantam nessa vida, aprender novos idiomas é uma delas. O inglês foi uma das primeiras línguas estrangeiras com a qual tive contato, como deve ter acontecido com quase todo mundo. Sempre fui fã de video games e tive a sorte de ter computador desde criança, além de curtir a boa e velha música enlatada americana quando adolescente. Como resultado, compreender inglês tornou-se algo natural com o passar dos anos. No texto de hoje, gostaria de trazer algumas dicas que percebi refletindo sobre a minha “trajetória” aprendendo inglês sozinha, pois sei que é desejo de muitas pessoas começar a ler livros famosos em seu idioma original. Então, vamos lá!

1. Comece por livros YA (jovem adulto)
Você pode até ter pegado raiva daquele livro que todo mundo não para de falar sobre e até já virou filme, mas saiba que ele pode ser um grande aliado para quem quer começar a ler em inglês. Jogos Vorazes, Divergente e A Culpa é das Estrelas são ótimos exemplos de livros desse gênero. Eles possuem um vocabulário contemporâneo e são narrados em primeira pessoa, o que com certeza facilita na hora de entender a história. Sem contar que esse é provavelmente um dos únicos casos onde vale a pena ver o filme antes de ler o livro: você conseguirá associar as cenas às descrições, o que torna mais fácil entender o que está acontecendo na narrativa.

livros

2. Interprete o texto
Lembra quando estávamos no ensino fundamental e nosso vocabulário era extremamente limitado, mas mesmo assim tínhamos que nos virar para entender as coisas? Bom, a verdade é que a gente cresce e a coisa não muda muito de figura: sempre existirão palavras que não saberemos o significado, ainda mais sendo uma língua estrangeira. É importante entender o contexto de uma palavra mais do que sua tradução literal.

3. Leia, releia e releia novamente!
Esse tópico é importantíssimo, e foi o que me motivou a escrever esse texto. Há algumas semanas eu comecei a ler Razão e Sensibilidade, de Jane Austen, em inglês. Nunca tive contato com a obra ou com a autora anteriormente (nunca é tarde para remediar nosso atraso em relação aos clássicos), e não sei por que eu pensei que seria simples ler um livro escrito no século XIX. Aconteceu que eu, acostumada a ler toda sorte de livro contemporâneo e jovem adulto em inglês, levei uma hora para ler uma página e meia de Razão e Sensibilidade. E qual foi a lição que eu tirei disso? Que nunca devemos desistir nas primeiras dificuldades! Parece óbvio dizer isso, mas é fácil ficarmos desestimulados quando tentamos ler algo e não entendemos patavinas. Quando começamos a ler um livro, é normal as páginas iniciais causarem algum estranhamento, pois precisamos nos acostumar com o estilo de escrita do autor. Siga em frente, pois com o passar das páginas a leitura com certeza fluirá.

4. Use a tecnologia a seu favor
Vamos encarar os fatos: em tempos de Google Tradutor, não existem desculpas. Eu deixo o celular com o aplicativo aberto sempre que estou lendo, e qualquer dúvida recorro a ele. Conforme mencionei anteriormente, é mais importante compreender o contexto em que uma palavra foi inserida do que sua tradução literal. Ainda assim, é importante buscar sua tradução para enriquecer seu vocabulário no idioma.

5. Busque novos desafios
Quando você perceber que está dominando a leitura em inglês de um estilo literário (que no meu caso foi jovem adulto), busque livros que ponham em cheque sua segurança com o idioma. A sensação de que uma leitura que começou difícil se tornou mamão com açúcar com o passar das páginas é ótima, e nos deixa orgulhosos de nós mesmos! tumblr_n0a9u8URKX1rpu8e5o1_500

Apesar das dicas, é muito importante que você esteja decidido a aprender a ler em inglês. Pois quando não desejamos algo verdadeiramente, nossa motivação se perde pelo caminho. Lembre-se também que cada pessoa tem seu ritmo de aprendizagem. Eu precisei de uma hora relendo os mesmos parágrafos para conseguir começar a ler e compreender Jane Austen. Mas o que importou foi que, passado esse tempo, eu aprendi diversas palavras novas e construções de frase que não estava habituada. Isso aconteceu porque eu realmente queria ler Razão e Sensibilidade, pois já estava na hora de ler uma autora tão clássica, sem contar que minha edição é linda e não dá vontade de largar. Encontre suas motivações verdadeiras e pense nelas quando tiver vontade de desistir.

Boas leituras (em inglês) para todos!

Tags:
Rafaela Paludo

Apaixonada por livros, dias chuvosos e xícaras de chá.

  • 1

You Might also Like

2 Comments

  1. Marina Menezes 19 de dezembro de 2015

    Obrigada pelas dicas! Também cresci jogando jogos em inglês, e lembro até que usava o dicionário (dicionário!!!) pra traduzir as coisas que não entendia. Aprendi um inglês bem basicão, que servia pra eu jogar os jogos que queria, mas foi só. Agora é que realmente estou motivada a aprender inglês, e estou usando desde aplicativos a cursos gratuitos na internet. Acho que não tem nada mais gostoso do que aprender uma língua nova, ainda mais quando essa lingua é super útil. Estou querendo ler a culpa é das estrelas em inglês, já li a versão em português, mas há tempos queria a versão americana na minha estante (nem sei porque, as capas são iguais) e essa é a desculpa perfeita! hahahha’ Seu post só me incentivou a começar por ele

    Responder
    1. Rafaela Paludo 22 de dezembro de 2015

      Marina, fiquei muito muito feliz em saber que meu post te incentivou :) Realmente, não tem nada mais gostoso que aprender um novo idioma. Depois me conta como foi a leitura de A culpa é das estrelas em inglês (mas tenho certeza que será um SUCESSO hehe)

      Beijos!

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *