LOADING

Type to search

Diversos Séries

5 motivos para assistir Agent Carter

Rafaela Paludo 9 de março de 2016
Share

Ano passado eu me tornei a louca das séries, tudo culpa de Daredevil. Quando terminei de assistir à primeira temporada, fiquei desnorteada por alguns dias, sem saber o que fazer da vida. Como o MCU (Marvel Cinematic Universe) já vinha despertando meu interesse, resolvi dar uma chance para Agents of S.H.I.E.L.D. (vocês podem conferir 5 motivos para assistir a série clicando aqui). Foi somente após terminar a segunda temporada de Agents of S.H.I.E.L.D. que eu finalmente dei uma chance para a subestimada Agent Carter. E então meu coração bateu mais forte.

carter

Você deve conhecer Peggy Carter do filme Capitão América: O Primeiro Vingador. Ela foi uma das agentes responsáveis pela supervisão do projeto super-soldado, lutando ao lado do Capitão América até seu desaparecimento. Em Capitão América: O Soldado Invernal, descobrimos que Peggy foi uma das fundadoras da S.H.I.E.L.D., motivo decisivo para o Capitão América ainda permanecer fiel à organização. Mas o que poucos sabem é que Peggy enfrentou um árduo caminho cheio de colegas de trabalho machistas para que eles e o mundo levassem seu trabalho a sério.

Peggy Carter pode ser uma personagem fictícia, mas, como mulher, não é difícil eu me identificar com seus dilemas. Por esse motivo, achei que indicar Agent Carter para vocês na semana do Dia da Mulher seria muito pertinente. Espero convencê-los a dar uma chance para essa série maravilhosa e ainda pouco conhecida aqui no Brasil (apesar de já estar na segunda temporada). Vamos lá?

1. Peggy sabe o seu valor
Apesar de viver em uma sociedade que desvaloriza as mulheres e ser lembrada constantemente por seus colegas homens de que ela não é tão boa quanto eles, as decisões de Peggy não são tomadas pensando em agradar ou provar seu valor para alguém. Como a própria personagem diz, ela sabe o seu valor, e não importa a opinião dos outros. O que ela faz ou deixa de fazer diz respeito apenas aos seus princípios e às suas vontades. E ela faz o que for preciso para manter-se fiel a si mesma.

2. Investigação sem super-poderes
Peggy Carter é uma heroína que não possui super-poderes. Ela dá conta do recado apenas com sua inteligência e habilidades de luta. Achei notável a Marvel investir em uma série desse tipo, e algumas pessoas podem até se decepcionar com a falta de ação. Mas eu considero essa uma oportunidade de destacar outras coisas do MCU, aprofundando esse universo além dos aliens e das fendas espaciais. De quebra, você vai descobrir a origem dos gadgets super tecnológicos utilizados hoje pela S.H.I.E.L.D., entender porque a inteligência artificial do Homem de Ferro foi batizada de Jarvis e até conhecer a precursora da Viúva Negra.

3. As personagens secundárias também são fodas
Às vezes, na ânsia de criar uma personagem feminina que se destaque das demais, as personagens secundárias acabam tendo suas qualidades suprimidas, para contrastarem ainda mais com a protagonista. Acreditem em mim: não faltam mulheres para admirar em Agent Carter. Assim como no caso da Peggy, as personagens secundárias possuem suas próprias motivações e não estão preocupadas em agradar ninguém.

4. Humor simples e inteligente
Há quem diga que o humor deve ser politicamente incorreto, mas eu discordo totalmente. Sou uma grande fã daquele humor tipo Chaves (alô pra você que cresceu assistindo SBT), com piadas hilárias sem precisar ofender alguém. Agent Carter prefere divertir o espectador com as trapalhadas dos personagens e frases de efeito. Como ambos protagonistas são britânicos, prepare-se para muitos bloody hell ao invés da enxurrada de palavrões americanos. Também tem muita mulher socando homem babaca – e isso é reconfortante.

 5. Figurinos, cenários e trilha sonora
Além de desenvolver muito bem as personagens femininas, Agent Carter não deixa a peteca cair em outros quesitos, como figurino, cenários e trilha sonora. Tudo é muito bem executado e transporta o espectador diretamente para a época após a Segunda Guerra Mundial, nos Estados Unidos. Prepare-se para adicionar Ella Fitzgerald e Frank Sinatra na sua playlist, além de uma vontade tentadora de renovar seu guarda-roupa em um brechó (aconteceu comigo, confesso).

Sei que eu não deveria indicar coisas ilícitas, mas enquanto Agent Carter não está disponível no Netflix, você pode assistir todos os episódios pelo Stremio. Depois me conta o que achou, ok? E não esqueça de deixar nos comentários a sua indicação de série com muito girl power. Boas maratonas!

Tags:
Rafaela Paludo

Apaixonada por livros, dias chuvosos e xícaras de chá.

  • 1

You Might also Like

3 Comments

  1. Juliane 9 de março de 2016

    Rafa, você usa stremio?????
    Quer
    dizer
    então
    que
    você
    USA
    L I N U X ?

    Responder
  2. Juliane 9 de março de 2016

    Basicamente eu ignorei todo o post pra falar de outra coisa né? HAHAHA
    Então, vamos lá: não conhecia Agent Carter, mas fiquei com a impressão que é tipo um HTWAWM só que sem as ofensas kkkkkkk
    Olha, sou resistente com livros, filmes e séries que têm ambientação durante a 1ª ou a 2ª guerra mundial (nunca soube ao certo porque), MAS como é um indicação sua e eu valorizo e sigo todas as duas dicas, vou dar uma conferida.
    Vale mencionar que o seriado passa no canal Sony (ou vai começar a passar lá), então pra quem tem tv a cabo fica mais fácil.
    A guerra que eu quero ver mesmo é a GUERRA CIVIL
    chega logo abril, nunca te pedi nada!
    Beijos Rafa!

    Responder
  3. Kaka Farias 27 de abril de 2016

    Rafa, simplesmente pulei o post do Demolidor, pq apesar de ter AMADO a primeira temporada e ter ficado curiosa a respeito de alguém que provavelmente compartilha esse sentimento, prometi ao meu marido que vou esperar ele assistir a primeira, pra então começarmos a segunda juntos. Então, com medo de spoilers, não li. Em compensação, fiz um post no meu blog sobre a série, convenci minha mãe de assistir, ela viu tudo num final de semana e amou. Ou seja, expectativa bem alta da miha parte! Quando a Agent Carter! Vi o piloto e nunca mais. O Capitão América não é nem de longe meu super herói favorito, e como o primeiro episódio não me convenceu, cometi aquele velho erro de não dar mais uma chance. Quantas são as séries que valem MUITO a pena, mas que só engrenam a partir do segundo, e as vezes… quarto episódio? Teu post foi o primeiro sobre a série, que de fato me deu vontade de assisti-la e tentar de novo. Quer figurino divo dessa época? Aproveita o Netflix e se joga de cabeça em Mad Men e Call the Midwife. Séries MUITO AMOR.

    Responder

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *