LOADING

Type to search

Diversos Opinião

Com grandes poderes vêm grandes responsabilidades

Rafaela Paludo Janeiro 19, 2016
Share

O post de hoje faz parte de um novo projeto de blogagem coletiva que estou participando, o Liga Nerd Girls. Fui convidada pela Paty, do Booknerd, e como sou uma nerd de carteirinha desde que me conheço por gente, aceitei na hora! O tema do mês de janeiro é responder à pergunta: e se eu fosse uma heroína?

Confesso que passei um certo tempo pensando sobre o assunto. Os primeiros superpoderes que vêm à mente sempre são aqueles apelões, tipo telecinese, ou o poder de transformação da Mística. No meu caso, não tenho interesse em ler os pensamentos das outras pessoas, por motivos de não estou nem aí. Sobre poder me transformar em qualquer pessoa, acho que entraria em crise de identidade rapidinho.

hera-venenosa

Agora preparem-se, pois o superpoder que eu gostaria de ter é muito piegas: queria poder me comunicar com a natureza. Uma coisa meio Hera Venenosa, mas que incluísse também animais. Sempre gostei de druidas e de como eles são a natureza, ao invés de a controlar.

Vou aproveitar a deixa para mencionar outro superpoder que adoro, que é o da Tempestade. Deu pra ver que gosto de poderes que envolvam as coisas que a natureza dá pra gente (e nem sou de humanas). A heroína sofreu uma mudança radical em Guerras secretas, que modernizou o visual sem perder a imponência tradicional da personagem.

tempestade

Além do tema principal, também nos foi proposto um desafio: sair da zona de conforto! Consiste em reler ou rever algo que não gostamos da primeira vez e dar uma segunda chance. São poucas as coisas que não gostei e tenho paciência de insistir pra ver se melhora. Portanto escolhi dar uma nova chance em meu coração para a série Supergirl (que só vi o primeiro episódio), por ser uma super-heroína e porque a Melissa Benoist é uma fofa! Não vou prometer resenha no blog, mas fiquem de olho no Twitter, que lá eu vivo postando opiniões em tempo real sobre o que leio e assisto.

supergirl

E você, conte-me nos comentários: qual superpoder gostaria de ter? E quais são as super-heroínas que você mais admira (coloquei no plural pois é difícil escolher só uma)? Boas leituras nerds!

Tags:
Rafaela Paludo

Apaixonada por livros, dias chuvosos e xícaras de chá.

  • 1

10 Comments

  1. Juliane Janeiro 20, 2016

    Motivos de não estou nem aí são os melhores motivos!
    Acho que comecei a entender porque você curtiu a série da Shannara HUEHUEHEU
    Estamos com transmissão de pensamento aqui, estou escrevendo uma resenha sobre Jessica Jones e Supergirl, essa última que odiei o primeiro episódio e quis vomitar, mas assisti o 2º pra dar uma chance. E o terceiro também. E acabei chegando na mid-season.
    A Melissa Benoist é uma fofa mesmo, comentei com meu namorado que ela parecia a Blake Lively, como ele não soube quem era eu mostrei a foto e ele “mas não é a mesma pessoa?”
    Dê uma segunda chance mesmo, acho que no final você vai gostar. Tenha em mente que nós não somos exatamente o público alvo da série e sim de garotinhas até adolescentes.
    Quando paramos pra pensar nas mensagens que, embora clichés, estão sendo transmitidas pela série pra essas garotas, algumas coisas que não curtimos da série ficam em segundo plano.
    Ahhh seu eu pudesse ter poderes MUAHAHAHA eu iria querer voar COM TODA A CERTEZA DO MUNDO!! Ter uma super força ou soltar fogo ou gelo ou algo que me ajudasse a derrotar meus inimigos (tenho vários!) também seria bem útil!
    Já corri pra pedir pra participar do Liga Nerd Girls!
    Go Rafa!
    Beijos!

    Responder
    1. Rafaela Paludo Fevereiro 2, 2016

      Eita, Ju, eu vi mais Supergirl e o tempo inteiro ficava lembrando do teu comentário. Precisava vir aqui responder!

      Tô curtindo muito a série. É bem como tu disse: como é para um público mais jovem, tem coisas que acabam sendo bobinhas pra nós (VELHAS HAHA). Fiquei muito feliz de ver as mensagens positivas que a série passa para as meninas. Adorei o foco na questão de comparar ela com o Superman, e ela bater o pé e dizer que aquela é a história dela.

      Beijos!

  2. Juliane Janeiro 20, 2016

    Vim aqui de novo dizer que eu deveria me envergonhar de fazer um comentário tão gigantesco assim, mas não me envergo. Não sendo suficiente um, vim fazer outro HUEHUEHUEHUEBRBR
    Trouxe alguns testes pra descobrir qual personagem de Jessica Jones somos (isso mesmo, eu tenho 15 anos). Mas eu tava fazendo o meu post e pensando no que você falou sobre qual super poder eu gostaria de ter. Me imaginei dentro da série e a única pessoa que consegui imaginar que eu seria é aquela irmã doida do Ruben (cujo nome nem lembro), então vim tirar a prova, com testes muito precisos, baseados em inúmeras variáveis, testes e estudos.
    Aqui estão os links pra você brincar também: http://www.buzzfeed.com/sarah-jaynea/which-character-from-jessica-jones-are-you-1arr7 e http://www.buzzfeed.com/alannabennett/jessica-jones-frands

    Responder
    1. Juliane Janeiro 20, 2016

      Sou o Malcolm XD

      You got: Malcolm Ducasse
      You’re misjudged by everyone. Only your close friends see the real you. You’re intensely loyal with a great sense of humor. You do you.

    2. Rafaela Paludo Janeiro 21, 2016

      EU AMO TESTES! E o meu também deu o Malcolm, haha! Mas fiquei feliz, pois adorei o personagem (e adoraria ser a sidekick da Jessica) :P

      1. Juliane Janeiro 26, 2016

        Eu curti a evolução e a força de vontade dele, pq o Malcolm dos primeiros episódios: SOCORRO!

  3. Chris Pereira Janeiro 21, 2016

    Adoreii suas escolhas de poderes! A tempestade é incrívelllllll né… E realmente deu para ver que cê curte umas coisas que envolvem natureza hahahahaha
    Ver Supergirl para mim também é sair da zona de conforto, mas é pelo meu leve preconceito com DC hahahahaha Mas, boa sorte ai vendo Supergirl!

    Beijosss, #GoLigaNerdGirls

    Responder
    1. Rafaela Paludo Fevereiro 2, 2016

      Oi, Chris!

      Tu acredita que eu já fui super DCnauta e tinha muito preconceito com a Marvel? Hoje eu amo tanto que até tenho um projeto chamado #LendoMarvel aqui no blog, haha! Eu acredito que os dois selos possuem suas qualidades e espero que a DC arrase esse ano no cinema. Quem sai ganhando somos nós :D

      Beijo grande!

  4. Paty Janeiro 30, 2016

    “Não tenho interesse em ler os pensamentos das outras pessoas, por motivos de não estou nem aí”, HAHAHAHAHAHAAHAHHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHAAHAH chorei de rir, mew!

    Ameeeei essa ideia de se comunicar com a natureza e animais <3. Finalmente ia conversar e ter respostas diretas dos meus cachorros, HAHAHAHAHA. Não sei se conversaria com meu gato, ele nos encara de um jeito que me diz que é melhor não saber o que ele está pensando, HAHA!

    E tá curtindo Super Girl? Ainda não assisti =/

    E uhuuuu, #GoLigaNerdGirls \o/

    Responder
    1. Rafaela Paludo Fevereiro 2, 2016

      HAHAHAHAHA acho que todos os humanos ficariam meio assustados se descobrissem o que os gatos pensam!

      Eu tô curtindo muito Supergirl, á estou no quarto episódio! Tem algumas coisas bobinhas, afinal é uma série para um público mais jovem. Mesmo assim, acho muito bacana a mensagem #girlpower da série! Sem contar que o relacionamento da Kara com a irmâ é lindo <3

      É nóisssss #GoLigaNerdGirls :)

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *