Resenha: Mitologia Nórdica, Neil Gaiman

Sempre adorei mitologias de uma maneira geral, sejam elas criadas por povos antigos e contemporâneos ou aquelas criadas por escritores e diretores nos livros e filmes que tanto amamos. Já passei incontáveis horas pesquisando sobre deuses e criaturas que eram venerados e temidos por diferentes culturas – certamente o tipo de coisa que decidi fazer naquela madrugada em que precisava acordar cedo no outro dia pela manhã. Curiosamente, em meio a gregos, hindus e egípcios, a verdade é que nunca dei muita atenção para os povos nórdicos. Eu sabia somente o básico: Odin, Thor e Loki (e vamos fingir que a Marvel não teve nada a ver com isso). Até que Mitologia Nórdica, de Neil Gaiman, caiu em minhas mãos.

Fruto de uma pesquisa aprofundada do autor, somada ao seu talento inigualável para escrever fantasia, Mitologia Nórdica reconta os mitos nórdicos mais populares através de uma narrativa linear e uma prosa tão deliciosa que vai lhe fazer devorar o livro em uma sentada. Gaiman dá vozes e personalidades marcantes para os deuses de Asgard e para os gigantes de Jotunheim, o que resultou em um apego emocional de minha parte por alguns seres dessa mitologia.

Mas apesar de você concluir a leitura achando que sabe tudo sobre o pessoal que vive na Yggdrasil, existe um porém: nossa civilização possui pouquíssimos registros sobre os mitos nórdicos. Oficialmente, existem registros apenas de Odin, Thor e Loki, e os demais deuses têm suas histórias construídas a partir das aparições nos mitos registrados, bem como uma e outra evidência histórica de adoração dos povos antigos. É importante ter isso em mente para não sair por aí falando que sabe tudo de mitos nórdicos após ler o livro do Gaiman, ok? Aliás, a romantização da mitologia é um ponto que o autor deixa bem claro em seu prefácio: apesar de suas pesquisas, Mitologia Nórdica não tem a pretensão de ser fiel historicamente às suas fontes.

O livro é dividido em capítulos curtos e cada capítulo apresenta um acontecimento da mitologia nórdica em terceira pessoa, através de uma voz narrativa sucinta que escolhe palavras simples para relatar histórias tão antigas ao leitor. Para quem conhece pouco ou nada sobre o tema (meu caso), Mitologia Nórdica acaba por ser uma leitura enriquecedora, além de um primeiro passo para um mergulho de cabeça nas desventuras de Odin e sua prole. Para os estudiosos, profissionais ou amadores, garanto que será muito divertido revisitar os mitos pelo texto agradável de Neil Gaiman.

A edição da Intrínseca possui capa dura com acabamento especial fosco e detalhes em dourado. Toda entrada de capítulo é ilustrada por uma imagem inspirada pelos grafismos escandinavos, assim como a guarda do livro. O papel é amarelado (o que nós leitores amamos, diga-se de passagem) tornando a leitura muito mais agradável.

Gostaria de aproveitar esse post para pedir recomendações sobre obras que falam de mitologia nórdica – sejam elas livros, filmes, séries ou qualquer outra coisa. A leitura de Mitologia Nórdica me deixou mais que curiosa para aprender mais sobre esses mitos e será um prazer receber indicações de vocês. Boas leituras e tomem cuidado com os gigantes de gelo!

Ficha técnica do livro
Título: Mitologia Nórdica
Autor: Neil Gaiman
Tradutor: Edmundo Barreiros
Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Gênero: Ficção
Páginas: 288

Este livro foi lido e resenhado em parceria com a Intrínseca. ♥
Adquirindo seu exemplar por este link, você ajuda o Chovendo Livros a crescer!

Posted by Rafaela Paludo

Apaixonada por livros, dias chuvosos e xícaras de chá.

One comment

  1. Fala, Rafaela! Adorei a resenha e babei demais nessas fotos lindas do livro, ainda bem que este eu já comprei pois ficaria tentado se não fosse o caso! Tive várias boas surpresas (re)descobrindo elementos da mitologia nórdica em outras histórias que já conhecia do autor e o que fica muito evidente nele é o quanto o Gaiman realmente gosta deste tema e foi uma maravilha ouvir essas histórias contadas através da pena dele, realmente é um livro para ler numa sentada só de tão agradável que é! Tenho uma teoria de que o Gaiman tomou banho no hidromel da poesia, só isso explica! Hahaha

    Já que pediu, sequem umas recomendações variadas para mergulhar de cabeça no tema:
    – Edda em Prosa e Edda Poética: ambas são as melhores opções para ir à fundo nessa mitologia e foram a fonte de consulta usada pelo Gaiman para recontar a sua versão dos mitos, mas mesmo elas são compilações antigas com problemas como interferência cristã nas histórias e fragmentação por serem de séculos após a cultura viking já ter desaparecido. Em português a edição mais acessível e completa é a da editora Barbudania e o ebook sempre tá em promo na amazão.
    – Loki, mini série em quadrinhos da Marvel estrelando o melhor personagem dessa mitologia, recomendo este principalmente pela arte espetacular do Esad Ribic e também por ser curta, fechada e mostrar um Loki um tanto arrependido de finalmente ter conseguido se livrar do Thor, a história em si não é grandes coisas, mas ela trabalha muito bem algumas referências mitológicas.
    – Asgard: A Saga dos Nove Reinos, é uma coletânea de contos, poesias e ilustrações de diversos autores inspiradas em mitologia nórdica e publicada há alguns anos pela editora Jambô, comecei a ler descompromissadamente após o do Gaiman e a experiência é semelhante!

    Beijos, boas leituras! o/

Leave a Reply

Required fields are marked *.