Semana especial: Piano vermelho – Semelhanças e diferenças com Caixa de pássaros

Se você caiu de paraquedas por aqui, saiba que esse é o segundo post da semana especial inteiramente dedicada ao livro Piano vermelho, de Josh Malerman, realizada em parceria com a Editora Intrínseca. Ontem teve uma resenha geral da obra e, ao longo da semana, estarei complementando minha opinião sobre o livro abordando tópicos específicos. O tema de hoje é: quais são as semelhanças e diferenças entre Piano vermelho e Caixa de pássaros? Caso nunca tenha lido o livro anterior de Malerman, confira a resenha neste link.

Foto: Intrínseca

De cara, é possível perceber que o autor gosta de trabalhar o medo através dos sentidos básicos – sentidos esses que usamos involuntariamente e que são quase impossíveis de nos privarmos sem intervenções externas. Enquanto em Caixa de pássaros o motivo do medo é algo que não podemos nos deixar ver, em Piano vermelho temos algo que não podemos nos deixar ouvir. Em ambos os casos, se entregar à curiosidade traz consequências irreversíveis para quem o faz.

Outra semelhança entre os livros são os capítulos intercalados entre passado e presente. Josh escolhe seguir as mesmas duas linhas narrativas para Caixa e Piano: 1) como o personagem se encontra em determinada situação crítica e 2) como ele pretende sair daquela situação e buscar sua salvação. Nem preciso dizer que, nos dois casos, essa mistura resulta em uma história frenética que nos deixa loucos pra descobrir o final, certo?

Uma diferença que vai interessar os que descobriram Malerman por Caixa de pássaros e estão pensando em arriscar a leitura de Piano vermelho: nesse último, temos um caso muito menos misterioso e infinitamente mais visual (afinal de contas, em Caixa, os personagens estavam quase sempre vendados). Portanto, recomendo abrir a mente para essa nova abordagem de terror, que infelizmente não funcionou pra mim, mas com certeza funcionará para muitos leitores por aí.

E aí, curioso(a) para conhecer a história de Piano Vermelho? Não esqueça de participar do sorteio de um exemplar do livro (clique aqui para participar). Se você não quiser esperar, também pode adquirir seu exemplar por este link e ajudar o Chovendo Livros a crescer. ♥

Posted by Rafaela Paludo

Apaixonada por livros, dias chuvosos e xícaras de chá.

Leave a Reply

Required fields are marked *.